Inferno astral: o que é e 6 dicas de como lidar

Ainda que o nome seja pesado e que as crenças possam exagerar um pouco, calma! O período que conhecemos popularmente como inferno astral não é esse bicho de sete cabeças que todos saem falando por aí e nós vamos explicar o porquê.

Primeiramente, precisamos deixar claros alguns conceitos. Como muitos sabem, quando fazemos a pergunta “qual é o seu signo?”, estamos nos referindo ao signo solar do nosso mapa astral.

Isso indica a posição que o Sol ocupava em relação a Terra no exato momento do nascimento de um indivíduo.

Quando fazemos aniversário, temos a chamada Revolução Solar, que basicamente é o início de um novo ciclo, onde o astro rei volta para o mesmo ponto do momento o qual nascemos.

Esse movimento solar faz com que os astros estejam em posições diferentes em relação às casas astrológicas de ano para ano, fazendo com que os aspectos e influências variem conforme o céu do período.

De qualquer forma, a última casa astrológica do nosso mapa astral é justamente a Casa 12, voltada à espiritualidade, a interiorização e ao inconsciente.

Portanto, o mês anterior o retorno ao signo solar no mapa astral é justamente o que compreende esse período, pois é quando o astro passa pela última casa.

De certo modo, é uma fase bastante conturbada por envolver questões pessoais e possivelmente, angústia ou cansaço mental.

Vamos aprender mais sobre ele?

O que é o inferno astral?

O inferno astral é, então, o período de 30 dias que antecede o aniversário de cada pessoa.

Resumidamente, é um período de revisões e de queda de energia. Mesmo que involuntária ou inconscientemente, existe uma ânsia por finalizar processos e questões. Por um lado, isso pode gerar inclinação à introspecção, apatia ou fadiga. Por outro, o sentimento de incerteza também favorece a tensão e o nervosismo.

Tudo isso pode ser um prato cheio para momentos conturbados, onde os ânimos exaltados ou as energias desfavoráveis abrem as portas para acidentes, ondas de “azar” ou simplesmente muita confusão mental.

A tendência é que, quanto mais próximo ao aniversário, menos evidentes estejam esses sentimentos. Sendo assim, é só uma questão de tempo para que tudo volte ao normal e o melhor: com vigor renovado para começar o novo ciclo!

Qual signo é o meu inferno astral?

De acordo com as datas dos signos, é possível entender qual é o período em que cada um se inicia e tem fim ao longo do ano.

Mas para facilitar, listamos abaixo a relação de inferno astral entre eles. Ainda, exaltamos o que na personalidade dos signos em específico acaba por ser insuportável para os nativos que os sucedem.

É justamente essa falta ou excesso que representam que tira do sério os pósteros.

Signos e suas relações com o período

Dicas para o inferno astral não afetar tanto

De fato, o inferno astral pode ser um período desafiador para quem está imerso nas questões que ele traz. À vista disto, aconselhamos você tomar algumas atitudes e ter alguns cuidados para evitar se deixar afetar tanto pelas possíveis turbulências.

1.       Trabalhe a aceitação

Antes de mais nada, é preciso entender que as coisas são o que são. Embora seja um pouco conturbado, esse é apenas um mês dentre tantos outros em que as coisas podem (e irão!) fluir a seu favor. Respire e seja resiliente!

2.       Aproveite para refletir

Anteriormente, falamos que essa é uma fase de revisões e questionamentos. Logo, é importante separar um tempinho para reflexão e entender o que foi bom ou não no último ano. Estudar os aprendizados e criar esses filtros fará com que você tenha mais foco para o novo ciclo.

3.       Trace metas

Em seguida, com as ideias mais claras, é hora de se organizar! A ideia é aproveitar a ansiedade para dar gás aos projetos que trarão evolução. Isso também lhe dará mais autoconfiança e segurança.

4.       Tenha paciência

Nada de se estressar além do necessário! O ideal é procurar atividades prazerosas para desviar o foco da irritação. Os exercícios físicos são uma ótima alternativa, inclusive, para aliviar o nervosismo e evitar descontar em quem não tem nada a ver. Procure cuidar também da saúde mental.

5.       Drible os excessos

Não adianta nada descontar a frustração na comida ou nas compras por impulso. É importante pensar com cautela antes de comprometer suas finanças em itens ou atos que você pode se arrepender depois, certo?

6.       Cuide da sua saúde

A saúde é um tópico fundamental para lidar com o inferno astral. Nutrir o corpo com alimentos saudáveis, estimulantes ou com as vitaminas necessárias não irá impedir que a fase ocorra. No entanto, contribuirá para a boa manutenção da imunidade – e evitar doenças, por si só, já será de grande valia.

Esperamos que tenham gostado das dicas e que elas sejam úteis. Após o término do inferno astral, lembre-se: é o seu aniversário, e mais um ano incrível está por vir. Mantenha-se firme e se quiser celebrar a nova data, que tal fazer um quadro dos signos? 😉

O que você vai ler nesse artigo

    Continue lendo

    Os 14 melhores lugares para observar as estrelas no Brasil

    Turismo

    Os 14 melhores lugares para observar as estrelas no Brasil

    O astroturismo está em alta! Separamos os melhores lugares do Brasil para observar as estrelas. Confira e agende sua próxima viagem!

    #astronomia #astroturismo #constelações #estrelas #mapa das estrelas #turismo #viagem

    O que é sororidade e como valorizar uma mulher

    Bem Estar

    O que é sororidade e como valorizar uma mulher

    Saiba o que é sororidade, aprenda a se valorizar e valorizar uma mulher próxima a você!

    #amor próprio #autoestima #empatia #feminismo #presente criativo #presente personalizado #quadro decorativo #quadro personalizado #se presentear #sororidade #valorizar uma mulher

    Presente para quem mora longe – Dicas e sugestões

    Presentes

    Presente para quem mora longe – Dicas e sugestões

    Quando o assunto é presente para quem mora longe, é comum que haja bastante dúvida e confusão. É claro que queremos presentear alguém que amamos e não está perto de nós, sobretudo nas datas comemorativas. Mas como viabilizar o ato, se existe a distância? Antes de mais nada, é importante ressaltar que os desafios maiores […]