Constelação de Gêmeos – Saiba tudo sobre ela

A Constelação de Gêmeos tem uma das mais bonitas histórias das constelações do Zodíaco! Ela também faz parte dos conjuntos de estrelas descobertos e catalogados pelo astrônomo grego Cláudio Ptolomeu no século II.

É nela que se encontra o famoso aglomerado de estrelas Messier 35, que está a cerca de 2.800 anos-luz (ou 2.800 x 9,46 trilhões de km) da Terra e possui um diâmetro médio de 24 anos-luz (ou seja: 24 x 9,46 trilhões de km). Puxa vida, não?

Confira outras informações sobre a Constelação de Gêmeos no nosso guia!

Como encontrar a Constelação de Gêmeos?

Ela é a 30ª maior constelação do céu e está localizada na zona equatorial, sendo avistada melhor no começo do inverno no hemisfério norte.

Decerto, a forma mais simples de encontra-la é buscando suas estrelas mais brilhantes: Pólux e Castor. Inclusive, você pode encontra-las se baseando nas 3 Marias (ou Cinturão da Constelação de Órion), traçando uma linha reta até Betelgeuse e voilá: você localizará a Constelação de Gêmeos!

Constelação de Gêmeos-min

Fonte: Stellarium

Além disso, ela está próxima à Constelação de Câncer, à Constelação de Touro e Cão Menor.

No entanto, você também pode recorrer aos aplicativos de astronomia para ver as estrelas no céu. Eles simplificam bastante a localização, principalmente para aqueles que não conseguem diferenciar facilmente os astros.

Quais as principais estrelas da Constelação de Gêmeos?

De longe, as principais estrelas são Castor e Póllux, respectivamente as estrelas alpha e beta do conjunto.

Sendo assim, Pollux é a estrela mais brilhante em Gêmeos e a 17ª estrela mais brilhante do céu! É um gigante laranja com duas vezes a massa, e nove vezes o raio em relação ao Sol.

Já Castor é um é um sistema estelar múltiplo (com seis elementos interligados), a segunda estrela mais brilhante de Gêmeos e a 44ª estrela mais brilhante do céu noturno.

Ainda que tenha outras estrelas na constelação, outro destaque se deve ao Messier 35, localizado também nela. Trata-se de um aglomerado de estrelas bastante brilhante e que data mais de 110 milhões de anos.

Messier 35 da Constelação de Gêmeos  - imagem de Wikisky

Messier 35
Fotne: Wikisky

Mitos sobre as Constelações do Zodíaco – Gêmeos

A suposta origem da Constelação de Gêmeos vem da mitologia grega e conta a história dos inseparáveis irmãos Pólux e Castor – nome das principais estrelas do conjunto.

Ambos eram filhos do deus romano Júpiter, que na mitologia grega equivale a Zeus.

Embora os dois fossem meios-irmãos, uma vez que Leda teria gerado Castor do seu marido (o rei Tíndaro) e Póllux de uma relação extra conjugal com Zeus.

Assim sendo, os dois filhos de Leda se tornaram muito próximos – e mesmo que Póllux fosse imortal e Castor mortal, viviam batalhando juntos.

Em uma ocasião, resolvem lutar pela posse de duas jovens comprometidas, o que se transforma em uma batalha intensa e resulta na morte de Castor.

Desolado e inconformado com a morte de seu irmão, Póllux implora para que Zeus o torne imortal. Por mais que o deus supremo não pudesse atender totalmente ao pedido, ele se comove com a tristeza intensa do filho e partilha a imortalidade entre os dois irmãos.

Muito bonita essa história de amor e fraternidade, não? Caso queira conferir a história completa da Constelação de Gêmeos ou de qualquer outra das Constelações do Zodíaco na mitologia grega, não deixe de ler nossa matéria sobre. ?

Signo de Gêmeos

O Sol incide na área da Eclíptica onde a Constelação de Gêmeos está, o que a torna uma das Constelações do Zodíaco.

Muitas pessoas não sabem a origem da data dos signos, que na verdade se refere ao período que o Sol ilumina a determinada faixa onde aquele signo se encontra.

De acordo com cada faixa, a Astrologia estudou e pode perceber semelhanças significativas no comportamento e personalidade dos indivíduos que nasceram dentro de cada espaço de tempo das faixas zodiacais.

No caso de Gêmeos, essa data é de 21 maio a 20 junho, com pequenas variações de ano para ano, de acordo com o movimento de translação da Terra.

Portanto, as características dos signos seriam influenciadas por esse movimento e também pelo alinhamento dos planetas, tornando os geminianos muito comunicativos e espertos!

Interessante, não?

Presente das estrelas

Da mesma forma que a astrologia acredita na força dos astros como uma poderosa influência para nós aqui na Terra (estão aí o Sol e a Lua para provar), nós do Mapa do Meu Céu também amamos tudo o que é relacionado ao universo.

Por isso, produzimos diariamente com seriedade e qualidade mapa das estrelas e mapa dos planetas para brindar dias especiais. Não entendeu?

Os mapas das estrelas são quadros personalizados que mostram como estava o céu em um determinado dia, horário e local. Assim, é possível criar e personalizar um mapa celeste que será único e exclusivo àquela data a ser celebrada.

várias imagens ilustrando momentos especiais, além do mapa do meu céu em várias cores diferentes

O resultado é incrível e você ainda pode optar por colocar ou não as constelações que estavam presentes naquele dia.

mapa do meu céu com nome das constelações

Já no caso dos mapas dos planetas, também é super simples criar um quadro personalizado que mostra o alinhamento dos planetas em um momento especial, personalizando os detalhes:

mapa dos planetas detalhes do gráfico

mapa dos planetas

Esses são presentes criativos para namorado, um presente para amiga, ou mesmo uma forma de se presentear, colocando a data do seu próprio nascimento.

O melhor é escolher uma frase de amor que traduza tudo o que sente, ou então frases de amizade ou mensagem de amor próprio que seja forte, positiva e marcante.

As possibilidades de homenagear são inúmeras e certamente é um presente que servirá para reforçar diariamente a importância que essa vida tem dentro de um enorme universo!

Crie seu mapa das estrelas e/ou o seu mapa dos planetas e tenha a inspiração dos astros pertinho de você. ?