A Constelação de Escorpião faz parte das constelações do zodíaco e é uma das mais antigas da qual se tem notícia, conhecida pelos sumérios há cerca de 5.000 anos.

Em primeiro lugar, ocupa a 33ª posição em relação a tamanho das 88 catalogadas, sendo Antares sua estrela de maior destaque.

Saiba como localizar a constelação no céu, além de informações sobre suas estrelas e a história da Constelação de Escorpião.

Constelação de Escorpião – como localizar

 Ela está localizada no hemisfério sul, bem no centro da Via Láctea. Por esse fator, aliado a seu tamanho, torna-se mais fácil encontrá-la no céu!

No Brasil, ela é localizada principalmente no outono e no inverno, quando o movimento de translação da Terra a torna mais visível para nós.

Leia também:
5 desertos ao redor do mundo para observar as estrelas

Por ter suas estrelas principais dispostas como que a cauda de um escorpião ou mesmo uma tesoura quando traçada a trajetória linear entre suas estrelas, pode ser encontrada mesmo por amantes iniciantes da astronomia.

Constelação de Escorpião

Imagem do Pinterest

Caso não consiga localizar ou se sinta mais à vontade com uma pequena ajudinha, temos uma matéria sobre como localizar estrelas no céu e em mapa das estrelas, incluindo sugestões dos melhores aplicativos para ver o céu.

Estrelas da Constelação de Escorpião

A estrela mais brilhante da Constelação de Escorpião é a Antares, uma supergigante vermelha que é a 16ª mais brilhante de todo o céu.

De fato, ela possui massa quase 800 vezes maior que o Sol, sendo cerca de 10.000 vezes mais brilhante ele!

Antares localiza-se no coração do escorpião, com seu nome se traduzindo como “anti-Ares” ou “como Marte”, referindo-se à semelhança do tom vermelho da estrela com o planeta Marte.

Em segundo lugar, há a estrela múltipla Shaula, a segunda mais brilhante da constelação e a 25ª mais brilhante do céu. Esta estrela localiza-se na suposta cauda do escorpião.

Estrelas da bandeira do Brasil

Você sabia que as estrelas da bandeira do Brasil, além de representar os estados brasileiros…também são representações de diversas constelações?

Por exemplo, a Constelação de Escorpião foi agraciada com o maior número de estrelas representando os estados brasileiros: oito no total.
Portanto, suas estrelas na bandeira do Brasil são:

No entanto, é bom lembrar que elas estão fora da proporção real e sem a representação de sua magnitude aparente, ok?

História da Constelação de Escorpião

Outro fato importante sobre a Constelação de Escorpião são as lendas ou mitos que giram em torno dela.

Anteriormente, citamos na matéria O misticismo das estrelas e constelações na História a importância que a astronomia tinha já nos tempos mais remotos.

Dessa forma, as constelações foram associadas quase sempre a um conto da Mitologia Grega: gerando assim suas formas imaginárias e consequentemente suas nomenclaturas.

No caso dessa constelação, não poderia ser diferente. Inclusive, a história que inspirou o escorpião celestial é bastante interessante.

Em resumo, conta a mitologia que Órion (um gigante caçador) é sequestrado e levado até a ilha de Delos pela deusa Aurora (personificação do amanhecer), que se encanta com sua beleza.

Como resultado, ele teria competido no disco (esporte olímpico) com outra deusa, Diana (sinônimo de Ártemis na Mitologia Grega), que o derrota e traz da terra um escorpião para lhe dar uma picada mortal.

Curiosamente, a Constelação de Escorpião desaparece no céu quando a Constelação de Órion passa a ser avistada, sugerindo que ele está eternamente fugindo daquele que o picou.

constelação de escorpião e órion no céu

Imagem do blog Volatilidade

Em suma, existem outras versões para contar a história da constelação, porém sempre fazendo conexão com o famoso caçador e a temível criatura que o perseguiu.

Leia também:
Constelações dos signos e a Mitologia Grega

Signo de escorpião

Em determinado momento, Astronomia e Astrologia que sempre foram consideradas uma coisa só, se separam.

É muito antiga a crença que determinados períodos do ano em que as estrelas eram avistadas no céu influenciavam não só a colheita ou direcionavam navegantes.

De mesma forma, os indivíduos que nasciam em determinados períodos do ano poderiam ter suas características e atos revelados mais facilmente se analisados seus mapas astrais.

Portanto, as constelações do zodíaco foram divididas em períodos ao longo do ano e então os signos do zodíaco foram criados.

Sendo assim, os nascidos sob a influência direta da Constelação de Escorpião teriam como característica comum sua dedicação e forte intuição, por exemplo.

Caso queira saber mais sobre a personalidade dos signos, temos uma matéria muito legal sobre todos eles: A personalidade dos signos.

Presente e Constelação

Evidentemente, você ama astronomia. E nós também!

Por isso,  nós do Mapa do Meu Céu criamos quadros com o mapa das estrelas de um momento especial para você: pode ser o dia do pedido de namoro, o dia do casamento, e mesmo o seu aniversário ou de alguém que você gosta!

Por meio de catálogos espaciais confiáveis, conseguimos reproduzir como estava o céu em uma determinada data para eternizar momentos.

várias imagens ilustrando momentos especiais, além do mapa do meu céu em várias cores diferentes

Além disso, você pode personalizá-lo com uma frase de amor ou trechos de músicas internacionais, por exemplo.

Se quiser algumas ideias, temos matérias que reúnem essas frases em um só lugar:

É isso!

Esperamos que tenha gostado das informações sobre a Constelação de Escorpião e que as estrelas possam te guiar sempre pelo melhor caminho – e que esse caminho seja o amor. ?

A Constelação de Órion é uma das constelações mais conhecidas de todos os conjuntos estelares já catalogados. Devido a seu tamanho, localização e por abrigar algumas das estrelas mais brilhantes de todo o céu, desperta curiosidade e é fonte constante de estudo.

De fato, há muito o que falar sobre a Constelação de Órion: tanto fatos astronômicos, quanto mistérios e histórias de antigas civilizações!

Constelação de Órion – Como Localizar

Das 88 constelações modernas catalogadas, a Constelação de Órion ocupa a 26ª posição em relação a tamanho, e está localizada no equador celeste.

Devido a esses dois fatores, é facilmente avistada por praticamente todas as regiões da Terra: tanto no hemisfério sul, quanto no hemisfério norte. Entretanto, aqui no Brasil é mais facilmente avistada em dezembro e janeiro, ou seja: nos meses de verão.

Leia também:
Os 14 melhores lugares para observar as estrelas no Brasil

Em primeiro lugar, caso queira identificá-la no céu noturno, procure o Cinturão de Órion: também popularmente conhecido pelos brasileiros como as 3 Marias. Ficou mais fácil, certo?

A partir dessas estrelas a constelação fica muito mais fácil de ser encontrada.

Por outro lado, se mesmo assim você ainda sinta dificuldade, temos uma matéria sobre como localizar estrelas no céu e em mapa das estrelas.

Inclusive com dicas de aplicativos para ver estrelas de uma forma mais simples e prática! ?

Constelação de Órion – Estrelas

 A Constelação de Órion abriga 81 estrelas no total, sendo que duas fazem parte das estrelas mais brilhantes de todo o céu: Rigel e Betelgeuse.

Rigel (também conhecida como Beta Orionis, 19 Orionis) é a estrela mais brilhante da constelação e a sexta estrela mais brilhante do céu.

Sua magnitude aparente (brilho observado por um observador aqui na Terra) é de 0,18 e é uma supergigante azul que possui 85.000 vezes a luminosidade do Sol.

Leia também:
12 curiosidades e tudo o que você precisa saber sobre as estrelas

Já Betelgeuse é a segunda estrela mais brilhante da Constelação de Órion e a oitava estrela mais brilhante no céu.

É um supergigante vermelho de magnitude aparente de 0,42, com cerca de 10 milhões de anos de existência e está a cerca de 200 anos-luz de distância de nós.

De fato, pertencer à classificação gigante vermelho significa a última fase da estrela. Portanto, pode ser que logo (ou mesmo em alguns milhares de anos) essa estrela exploda, gerando um brilho tão intenso que seria possível observá-lo mesmo durante o dia.

Asterismos de Órion

Em outras palavras, asterismo significa um conjunto de estrelas que, alinhados, formam um objeto ou padrão reconhecível.

 Cinturão de Órion

Anteriormente, falamos sobre as 3 Marias, que são um asterismo de Órion.

São três estrelas brilhantes (Mintaka, Alnilam e Alnitak), que formam uma linha reta – que também pode ser interpretado com o Cinturão de Órion.

Triângulo de Inverno

Da mesma forma, Betelgeuse também forma com as estrelas Sirius (da constelação Cão Maior) e Procyon (da constelação Cão Menor) o Triângulo do Inverno, um asterismo facilmente identificável nessa estação.

Nebulosa de Órion

Fonte: Telescópio Hubble

As nebulosas são nuvens interestelares de poeira, hidrogênio, hélio e outros gases ionizados, normalmente resultado de uma supernova, ou seja: produto de uma explosão estrelar.

A Nebulosa de Órion é uma das mais brilhantes do céu e pode ser vista sem binóculos em um dia de céu limpo e sem interferência de poluição luminosa.

Tem magnitude de 4,0 e está a 1.344 anos-luz de distância da Terra.

A olho nu, a Nebulosa de Órion aparenta ser a “estrela” central da constelação, ao sul do Cinturão de Órion – ou como alguns preferem citar, na espada que Órion carrega consigo.

Mitos sobre constelações – Órion

Há várias versões sobre Órion na mitologia grega, mas uma delas conta que ele era um caçador extremamente belo, filho do deus Poseidon e Euryale (filha de Minos, o rei de Creta).

Órion teria se apaixonado pelas Plêiades (as Sete Irmãs), filhas de Atlas e Pleione (filha do Oceano).

Para evitar a perseguição do caçador a elas, Zeus teria colocado a todos no céu, formando a constelação de Órion.

O aglomerado de estrelas Plêiades pode ser observado na constelação de Touro, com Órion ao lado, perseguindo-as.

Outra versão famosa é sobre a morte de Órion: um escorpião teria sido enviado pela deusa Ártemis para matá-lo, e sempre que a constelação de Escorpião aparece no céu, a de Órion se afasta (em uma eterna fuga de quem o picou).

Se quiser saber mais sobre esse mito e outros das constelações do zodíaco? Veja nossa matéria Constelações dos signos e a Mitologia Grega.

Mistério 3 pirâmides – Constelação de Órion

A Constelação de Órion, por ser facilmente identificada no céu, permitiu que muitos povos e navegantes se orientassem através dela e das constelações que a cercam.

Desde então, se tornou referência para os povos anunciando o início do verão (no hemisfério sul) e a melhor época para colheitas, por exemplo.

Porém, alguns fatos curiosos foram notados ao longo do tempo. Supostamente, as pirâmides de Gizé, no Egito, estão alinhadas exatamente de acordo com a disposição das estrelas do Cinturão de Órion.

Da mesma forma, as 3 pirâmides da antiga cidade de Teotihuacan, no México, também apresentam a mesma semelhança com as estrelas da constelação.

Tanto a pirâmide da Lua, quanto a do Sol e a de Quetzalcóatl estariam dispostas na mesma proporção e alinhamento das 3 Marias.

Somente uma coincidência?

Presente – Estrelas

Já que você se interessa pelas estrelas, constelações e universo…que tal um presente que tenha tudo a ver com esse tema?

Nós fazemos quadros com mapas das estrelas que mostram exatamente como estava o céu em determinado data, local e horário!

Dessa forma, você poderá ver com qualidade e perfeição o céu eternizado em dia especial, que pode ser tanto do passado, quanto do futuro.

Leia também:
Presente difenciado: porque criar seu mapa das estrelas conosco

Por isso, é um ótimo presente para namorado, presente para amiga ou mesmo um presente para você mesmo(a)!

Ainda, você pode colocar uma frase especial que traduza tudo o que esse momento especial representa.

Caso queira ideias, temos uma matéria com dezenas de frases e pensamentos separados por temas para você se inspirar:

imagem ilustrando matéria de frases e pensamentos

Crie o seu mapa das estrelas agora mesmo, aqui.

Não deixe que o brilho se apague: faça com a Constelação de Órion e tenha um lugar especial em um céu que é só seu. ?