Com o termo coaching muito em voga hoje em dia, vem a tal motivação pessoal. É claro que esse assunto não é novo e já foi abordado há muitos anos, mas com as relações se tornando um pouco mais líquidas e a pressa constante que temos para produzir, entender as coisas e até mesmo relaxar…esse assunto se tornou mais recorrente. Então temos algumas dicas e sugestões para atingir a tão desejada motivação pessoal!

O que é motivação pessoal?

Motivação vem do latim movere, ou seja: movimento. Em poucas palavras e em uma definição simples, motivação é o “movimento em ação”, visando alcançar um objetivo pré determinado.

Mas sabemos que não é simples assim. Os objetivos de uma pessoa podem ser vários e em áreas diferentes, por exemplo: posso querer enriquecer e ao mesmo tempo ter uma vida mais saudável. Pode ser desde coisinhas bem pequenas como recolher o lixo mais vezes, quanto fazer uma longa viagem ou comprar uma casa.

O problema é que nos acomodamos repetindo hábitos antigos e seguros e, mesmo tendo a noção exata do que precisa ser feito, algumas vezes não conseguimos encontrar a “força” necessária para cumprir com as nossas metas para atingir a motivação pessoal ideal. Isso acontece parte por conta das nossas crenças, nosso cérebro “treinado” para o que é conhecido e seguro, e parte por nossa baixa autoestima.

Dicas para alcançar a motivação pessoal

Definir metas e ir atrás para alcançá-las não é fácil e sim um exercício diário. É fato que nosso inconsciente está acostumado a alguns comportamentos pré-definidos, mas precisamos sacudir a poeira e nos disciplinarmos a fazer um pouco por dia…mas sempre!

Não importa se são metas pessoais ou profissionais: as dicas que vamos dar servem para tudo o que você quiser atingir na corrida da motivação pessoal.

1 – Tenha objetivos claros

É engraçado dizer, mas muitas vezes simplesmente vivemos a vida no automático, sem parar para pensar nos nossos objetivos para atingir a automotivaçãomão de rapaz fazendo anotações em um caderno
O mais importante aqui é fazer um balanço (uma boa ideia é listar, literalmente escrever) do que precisa ser ajustado ou melhorado na sua vida. O que não está tão legal? Pode ser a relação com alguém, o seu modo de ser, uma dificuldade financeira ou física, por exemplo.

O fato é que organizar os pensamentos é o primeiro passo para entender os sentimentos por trás de uma decisão, o que a torna mais clara e palpável. A partir daí você poderá traçar seus objetivos e passos com mais confiança no que de fato tem que ser realizado para alcançar algo.

2 – Cuidado com a baixa autoestima

Fizemos uma matéria maravilhosa (modéstia parte…rs) sobre o poder que a autoestima tem sobre nós, dando dicas de como aumentá-la. Acontece que ao mesmo tempo que tem o poder de nos alavancar, também pode nos destruir.

Achar que não é suficiente ou bom o bastante para uma tarefa é o primeiro passo para se boicotar e não atingir suas metas – o que se torna uma bola de neve, pois não as atingindo a sensação de frustração e fracasso vem com tudo e a baixa autoestima toma conta.

Tenha bem claro na sua mente: sim, você pode. Todos os dias uma história de superação ou de vitória aparece para nos dar ânimo, seja em nosso meio ou mesmo na internet. Busque fontes positivas sempre para sua automotivação. O exemplo do outro nos contagia e a gente fica pensando: se ele pode, eu também posso! Não é mesmo? Uma dica valiosa é o perfil e site @razoesparaacreditar , que sempre posta coisas maravilhosas sobre o efeito que o bem causa e o poder de transformação das pessoas.

Se o homem já pisou na Lua, você não consegue mesmo atingir seus objetivos? Vamos lá, “um pequeno passo para o homem, mas um grande passo para a humanidade”! rs

3 – Pense positivo e seja positivo

É mais fácil falar do que fazer? Sim! Nós sabemos que você tem um monte de tarefas e preocupações na cabeça, ou sentimentos como angústia, raiva ou tristeza. Porém o pensamento positivo é essencial para quem quer ir para a frente e essa é a única direção possível. Nem um cone fica parado para sempre!

Um pouco por dia é tudo que você tem que fazer. Comece com o exercício do reforço positivo no espelho (citamos aqui) e vá em frente se policiando sempre para reclamar menos e agradecer mais, sempre.

moça com os olhos fechados tomando café com satisfação

Isso por que o pensamento negativo barra as tentativas de mudança e aprendizado, escurecendo nossa visão com o que poderia ser considerado, metaforicamente, de uma névoa. E aqui é preciso pensar com clareza, certo?

Os pensamentos negativos normalmente vêm carregados de sentimentos negativos que citamos antes. Então sempre que se sentir mal ou não gostar de algo tente ver o lado positivo disso e absorver o aprendizado. Você vai ver que em pouco tempo sua vida começará a mudar de verdade e você se sentirá mais leve na sua busca por motivação pessoal.

4 – Paciência e fé em si mesmo para continuar

Bem, foi o que dissemos. Nada disso é fácil.

Muitas vezes nem admitir que o problema existe e que precisamos de motivação para superá-lo ou mudarmos em relação a algo é fácil. Por isso, tenha paciência!

O importante é caminhar e a jornada também faz parte do destino. Desfrute com calma, seja bom consigo mesmo e tenha em mente que tudo nessa vida leva tempo: desde uma árvore crescendo em um jardim até a nossa transformação pessoal.

E se perdoe no meio do processo: nem sempre você estará com todo o gás, e você pode errar sim. O importante é ter força de vontade e voltar para sua rota.

5 – Persistir e insistir

gato preguiçoso dormindo sob um edredom

Vontade de desistir? Sim, isso é comum e raro quem não tenha tido dúvidas ou se sentiu desmotivado.

A persistência é a chave da automotivação. Agarre-se a ela como a um bote salva-vidas, porque é exatamente essa a função dela.

Como falamos no tópico anterior, os erros vão acontecer e com eles vêm os aprendizados. Porém não persista nos erros. Persista em dar seu passo diário (mesmo que de pouquinho em pouquinho) rumo a seu objetivo e depois é só colher os frutos!

6 – Autoconhecimento para criar e conquistar

autoconhecimento também é a chave do sucesso. Saber o que você gosta, o que deseja e o que te faz feliz é essencial. Não adianta ter um objetivo que é incrível, por exemplo, mas não te faz feliz. Ou se forçar a fazer todo dia algo que detesta para alcançar determinado objetivo. Isso só faz com que você se sinta desestimulado para continuar e vai te trazer sentimentos negativos associados ao cumprimento dessas tarefas.

Encontre meios mais agradáveis e simples para você cumprir suas metas. Sempre tem um jeito mais agradável de se fazer algo, é só refletir um pouco e ouvir a voz interior.

motivação pessoal é gerada através do autoconhecimento e o medidor diário do sucesso é você mesmo! Se dê atenção e busque se conhecer cada dia mais!

7 – Invista em você

É importante que você se valorize e uma das formas disso acontecer é o seu investimento pessoal. Você pode fazer isso se presenteando, tendo um tempo para você e seu bem estar, investindo na sua carreira profissional

O fato é que quanto mais preparado você estiver emocional, psicológica e profissionalmente, mais seguro você estará para alcançar o que deseja.

A confiança em quem você é, aliada ao autoconhecimento e a preparação (seja para uma “batalha” ou para uma “guerra”) são os pilares para caminhar em direção ao sucesso. Busque investir em si mesmo, que os ganhos são certos.

8 – Comemore as pequenas e grandes vitórias

Sabe quando um neném começa a engatinhar e os pais ficam com aquelas carinhas de bobos, orgulhosos da conquista? Você tem que se imaginar sendo esse bebê: começou a investigar as coisas, aprendeu, engatinhou em busca de um objetivo e logo mais vai começar a andar sozinho e com naturalidade!

A verdade é que muitas vezes nos sentimos desestimulados por algo ou alguém e acabamos por achar que “não estamos fazendo mais que nossa obrigação” ou que determinada conquista “ainda é pouco”. Não importa o tamanho da vitória, a palavra ainda é a mesma: vitória. Um time de futebol pode ganhar de 1×0 ou de 7×1 (putz!), ainda assim o que importa é o resultado positivo, correto?

Então seja essa pessoa! Valorize os kgs que perdeu, a grana que economizou, a paz que adquiriu, o emprego que mudou. Qualquer mudança que te faça ser alguém melhor e mais saudável emocionalmente merece e deve ser comemorada!

formanda atira confetes feliz com a graduacao

Afinal, você teve sucesso na sua saga da motivação pessoal e está finalmente colhendo alguns frutos.

Conte com a gente para fazer o seu Mapa do Meu Céu com algum momento especial ou conquista: pode ser de formatura, o sonho da casa própria, uma mudança de vida ou de rumos, uma viagem incrível que te fez aprender algo extraordinário. Com os nossos quadros decorativos você vai poder eternizar um momento e olhar com orgulho sempre para o mapa das estrelas que testemunharam a sua vitória, que é só sua: única e personalizada como o Mapa do Meu Céu.

Saiba como montar o seu quadro personalizado aqui e tenha uma espécie de “troféu” do Universo onde você achar melhor! Dica: também é um ótimo presente criativo e uma forma de estimular alguém ou lhe dar os parabéns!

 moça sobe montanha alta e ao lado tem um poster na cor rosa do mapa do meu céu incentivando a celebrar as conquistas

Esperamos que tenham gostado das dicas e que não se esqueça que nada disso é “papinho furado”. As pessoas mudam todos os dias e é nosso dever fazer do mundo um lugar melhor. E por que não começar com a gente?

Dê o primeiro passo e não esqueça de nos contar que coisas maravilhosas aprendeu no caminho, pois temos certeza que elas virão. 😉

Quantas vezes você disse: “eu mereço, vou comprar um presente para mim?”

Nós somos nossa casa, nosso começo e fim. Tem uma frase famosa que diz “se quiser alguém em quem confiar, confie em si mesmo”.

Além disso, já citamos a importância de se valorizar, como fortalecer a autoestima e que nada tem a ver essa ideia que sempre nos foi passada: que pensar em nós de forma mais profunda é um ato de egoísmo.

Então por que acontece de pensarmos e presentearmos mais alguém, do que a nós mesmos?

Dessa forma, o tema da matéria hoje é de reflexão e para você deixar essa página pensando “vou me auto presentear!”.

A importância do outro

É claro que não queremos aqui diminuir ou restringir a importância do outro na sua vida.

Evidentemente, seus amigos, familiares ou mesmo o seu amor tem sim papéis importantes e merecem ser presenteados sempre!

Porém, queremos que entenda que você TAMBÉM merece um tempo e um presente para você.

Afinal, temos a tendência de centralizar toda a nossa vida em algumas pessoas que nos rodeiam, o que pode ser um pouco perigoso ou frustrante.

Investir no outro faz parte das nossas relações e é gostoso, mas até certo ponto e de certa forma é um “investimento de risco”. Por outro lado, investir em você é garantido, “lucro certo”. rs

Sendo assim, faça uma reflexão do peso e prioridade que está se dando e não tenha medo de cortar o que te faz mal ou achar alternativas que te deixem mais confortável, com realização pessoal em alta ou em um estado de relaxamento maior.

Um presente para mim – A Missão

Certamente que todo mundo gosta de ganhar algo, ou que seja inesperado em uma data comemorativa. E a gente supõe que você também, claro! rs

O ato de presentear alguém envolve reciprocidade, valorização e cuidado. Na mesma linha, por que não podemos fazer isso por nós mesmos?

Muitas pessoas são econômicas e controladas com o dinheiro. Quase não gastam com coisas que consideram “supérfluas” e de novo…quando gastam, costuma ser com o outro.

Obviamente é importante se manter equilibrado financeiramente, mas a sua vida está passando e o que a gente leva além de momentos especiais e a sensação de felicidade que tivemos aqui nessa passagem breve pela Terra?

Comprar um item vai para lá do simples fato de gastar dinheiro – envolve vontade, sentimento e tomada de decisão.

Quando você pondera e compra algo que lhe é satisfatório ou que você quer muito, seu cérebro libera serotonina e advinha? Um sorriso é estampado na sua face e dentro de você também!

Faça-nos o favor! Se liberte de coisas e sentimentos antigos que não te façam bem e vista-se de coisas positivas!

mulher recebendo tratamento facial em um spa

Às vezes é tão simples quanto comprar uma roupa que lhe caia melhor, mudar o seu perfume habitual, cortar o cabelo ou se dar uma massagem para desestressar!

Tudo que você adquire que te traga bem estar é válido, ainda que você tenha que pensar se precisa daquilo (e “a gente não quer só comida, a gente quer comida, diversão e arte” rs).

É impressionante a transformação que acontece quando nos valorizamos cada vez mais e vamos em busca do que nos agrada. Reforçar isso diariamente é como uma mantra que deve ser seguido para nossa saúde física e mental.

O melhor presente para mim

Se você se perguntou novamente “mas qual o melhor presente para mim?” e está perdido(a) nas ideias, temos uma sugestão bem legal que não é só para “puxar a sardinha” para o nosso lado.

Os nossos quadros decorativos do Mapa do Meu Céu foram planejados para valorizar momentos importantes da vida, e um deles é o nascimento. Também é um ótimo presente para filho, ou para presentear sua amiga que teve recém nascido.

Mas qual nascimento é mais importante que o seu? =)

mulher no escuro segura luminária em formato de coraçao e ao lado tem imagem ilustrativa do mapa do meu ceu

Olhar todos os dias para um quadro personalizado com as cores que você gosta, com uma frase que te inspire ou te encoraje a ser melhor.

É isso que queremos e é isso que você precisa: amor diário, por você.

Vem com a gente na luta diária pelo amor próprio e faça um teste para ver como ficaria seu quadro personalizado do mapa das estrelas aqui.

O melhor presente para mim? No caso, para nós…é você. 🙂

O quarto é o ambiente mais pessoal da nossa casa. É ali que descansamos, temos momentos de reflexão, intimidade e sossego. E as cores que usamos para decorar nosso quarto, seja na parede quanto nos acessórios além de dizer muito sobre nós, também influencia o nosso humor e há quem diga que até a nossa qualidade do sono!

Veja nossas dicas abaixo e tenha como inspiração de como decorar um quarto com cores que favoreçam não somente sua decoração, mas também seu bem estar!

Como decorar o quarto com as cores certas

As cores são muito importantes na decoração de um quarto! Veja as influências delas tanto no ambiente quanto no humor.

Amplitude

A verdade é que apostar nas cores claras e tons pastéis dá a sensação de um quarto maior para quem tem um quarto pequeno, mas se isso não é um problema para você, pode apostar em cores escuras – se não em todo o quarto, em uma parede.

1. Cores claras e tons pastéis deixam o quarto mais amplo

O quarto branco não é um clássico sem motivo! Principalmente para quem não sabe como decorar quarto pequeno, aposte no branco para um efeito de ampliação – uma vez que essa cor reflete a luz e além da sensação de paz, dá a impressão que o quarto é maior.
Os detalhes podem ser coloridos para contrastar com as cores e móveis claros, dando destaque e charme.

2. Cores escuras no quarto dão profundidade

quarto com cores escuras fica ainda mais intimista, mas atenção! Elas devem ser usadas com parcimônia para não tornar o quarto muito pesado e cansativo. A sugestão é harmonizar com cores claras ou escolher uma cor viva para trazer um contraponto.

Cores para o quarto que acalmem

Depois de um dia estressante ou agitado tudo o que você não vai querer é que seu quarto traga ansiedade. As cores podem estimular ou acalmar as sensações no quarto – imaginamos que esse último é o que você deseja, né? Então a dica no geral é apostar em tons como:

3. Rosa claro e lilás nas paredes – trazem aconchego e paz

Ainda mais se combinados com o branco e em tons claros

4. Azul nas paredes – é uma cor fria e que inspira tranquilidade

Também induz o relaxamento, acalmando principalmente nos tons claros. Inconscientemente nos remete ao mar e ao céu e suas propriedades tranquilizadoras

5. Verde nas paredes tem efeito calmante e ajuda a controlar o estresse

Remete inconscientemente à natureza e seus tons têm o poder de ser tanto puxados para o frio (se mais claro) ou para o quente (se mais escuro). Também traz alegria e calma.

Cores a serem evitadas no quarto

6. O quarto cinza pode trazer melancolia e tédio

Apesar de uma cor coringa na decoração, muito utilizada e recomendada, o cinza pode entristecer o quarto – e consequentemente quem fica por ali – dependendo do uso e do tom. Evite, se possível, preferindo tons pastéis como bege ou mesmo o branco e caso seu quarto seja cinza contraste com cores que tragam boas energias, como o amarelo, verde e vermelho.

7. O quarto azul escuro induz à introspecção

Não é um problema usar o azul escuro na decoração, desde que ele seja feito conscientemente e com cuidado. Esse tom se usado em todo o ambiente e com muito afinco faz com que o ambiente fique propício à internalização dos sentimentos. Prefira usá-lo em detalhes ou bem equilibrado com o branco, por exemplo.

8. O quarto vermelho traz agitação

O vermelho é lindo mas deve ser usado também com muito cuidado, uma vez que é uma cor vibrante que pode trazer muita excitação e nervosismo. Aposte no vermelho combinado a cores calmas e nos detalhes para ter noites tranquilas de sono.

A cor ideal para cada tipo de quarto

Se você não sabe como decorar um quarto de acordo com as cores, temos algumas sugestões em relação a cada fase da vida de quem ficará por ali

9. Como decorar o quarto do bebê
É comum ver o quarto dos bebês com tons pastéis. Isso acontece porque essas cores tendem a tornar o ambiente mais tranquilo, necessário para essa fase. Aposte em tons de laranja, amarelo, verde, azul e rosa que sejam clarinhos.Imagem de Paintzen, www.paintzen.com sob licença Creative Commons

10. Como decorar o quarto de criança

Cores vivas favorecem o desenvolvimento intelectual da criança, pois nesse período há muitas descobertas e percepções. Aposte em cores como azul, amarelo, vermelho e laranja – essa última estimula o otimismo e a criatividade, por exemplo!

   

11. Como decorar quarto de adolescente

Aquela fase tensa da vida, a adolescência é um período em que tudo é um conflito…rs a sugestão é pintar o quarto em tons claros de rosa, lilás e bege para quartos mais claros e marrom e azul para tons mais escuros para trazer um pouco mais de calma e relaxamento.

12. Como decorar o quarto de casal

Recomendamos os tons que acalmam citados anteriormente, afinal a vida adulta costuma ser bem corrida! Como nessa fase a personalidade já está bem definida, aposte em detalhes na decoração que valorizem o ambiente como todo – adesivos, quadros, almofadas e tapetes e outros itens de decoração com tons que remetam à sua personalidade e do seu amor!

             

Escolha as cores de acordo com a sua personalidade

Não existem regras de como decorar um quarto de acordo com as cores. O que existe é a psicologia das cores, ou seja: o que cada cor transmite ao seu sistema nervoso e consequentemente como será sua reação em relação a ela.
Muitas pessoas usam tons fortes no quarto como um todo porque refletem sua personalidade e se estão de acordo com isso e se sentindo bem, então esse também é um caminho! O importante é se sentir bem! ?

Pensando que cada cor traz uma mensagem, o Mapa do Meu Céu desenvolveu cinco modelos diferentes de arte para você liberar sua criatividade com a cor que preferir, personalizando também com a sua frase preferida. Valorize seu quarto com um momento que foi especial para você como seu aniversário de casamento, a data do seu aniversário, uma conquista especial…afinal ter objetos no quarto que tragam positividade e bons sentimentos é um reforço diário de tudo que bom que a vida te oferece!

Escolha sua cor preferida e deixe seu cantinho ainda mais único com esse presente especial!

Em um mundo onde vivemos correndo de um lado para o outro, cheios de tarefas e problemas, falar sobre autoestima é algo essencial. Saber como aumentar a autoestima e como ter amor próprio é importantíssimo atualmente.

Assim conseguimos enfrentar a vida de maneira mais leve para transformar as emoções em positividade, o que faz com que a gente se sinta melhor, mais forte e feliz.

Esses dois andam juntinhos, complementando-se e nada mais são do que a percepção que temos de nós mesmos, nossas emoções e pensamentos.

Nos enxergar de determinada maneira (de preferência positiva, né?) afeta diretamente nossas atitudes, a forma como vemos o mundo e como lidaremos com pessoas e situações – seja na vida amorosa, profissional ou no nosso círculo familiar ou de amizades.

Motivo às vezes de confusão, vergonha ou taxado por alguns de egocentrismo, o amor próprio vem para nos salvar de um mundo nebuloso e nos faz cair em um mundo cheio de paz e cor! Então vamos desmistificar e praticar?

O que é amor próprio? Amor Próprio e Egoísmo

Uma coisa não tem nada a ver com a outra. Às vezes a nossa cultura ou mesmo criação erroneamente nos faz acreditar que devemos sempre nos dedicar mais ao outro que a nós mesmos e que, fazer o contrário, não é uma forma altruísta de viver.

É claro que é ótimo ajudar e se preocupar com os demais, isso mostra muita força de caráter e gentileza.

Porém só pensar nos outros o tempo todo pode ser uma forma de auto sabotagem e que não nos deixa espaço para cumprir a nossa missão de sermos felizes e realizados.

Então entenda de uma vez por todas: egoísmo é fazer tudo pensando em si mesmo e suas vantagens pessoais, sem considerar os outros em nenhum momento.

Já o amor próprio é cuidar de si mesmo para poder atingir seu potencial, ser feliz e assim ser a melhor pessoa para ajudar o próximo, só que sem se anular.

Quer ver algumas frases de autoestima e amor próprio?
Clique no botão abaixo e veja uma seleção com as melhores frases sobre amor próprio:

botão de frases de amor próprio ilustrando matéria como aumentar autoestima

imagem mãos unidas segurando flores coloridas em formato de coraçãoE como aumentar minha autoestima?

Focar em si mesmo nem sempre é fácil. Temos inúmeras tarefas e coisas para pensar constantemente e às vezes nossa saúde e bem-estar podem ficar em segundo plano. Algumas pessoas podem passar por momentos difíceis e estar meio perdidas em como podem chegar a esse incondicional  amor por si mesmo, embora queiram trabalhar esse aspecto.

A verdade é que não existe atalho ou resposta pronta e sim um trabalho diário – mas muito, muito gratificante! – de mudar pensamentos e atitudes, em se entender e se respeitar.

Todo mundo é diferente um do outro e conhecer quais são suas preferências, o que te faz bem e o que te faz sentir-se melhor é o primeiro passo. Onde você gosta de ir? Quem são as pessoas que te fazem dar risada e te motivam? Que hobbies te deixam leve e contente?

São algumas perguntas que devem ser feitas, pensadas com carinho e depois serem colocadas em prática no cotidiano.

autoconhecimento é muito maravilhoso e é tão incrível o quanto podemos realizar quando nos damos conta do que nos faz verdadeiramente felizes e apontamos para essa direção…vale realmente a pena!

Dicas práticas de como melhorar a autoestima e como ter amor próprio

1. Adquira consciência

O passo mais importante de todos, talvez! As pessoas vivem em um estado de inércia e quase sempre “no automático”.

A rotina e os hábitos fazem com que a gente repita os mesmos comportamentos sempre.

Há aquela ideia inconsciente de “isso é o certo”, “isso é o seguro” e então muitas pessoas vivem em um constante comodismo com suas vidas, mesmo que não sejam plenamente felizes.

Nossa proposta é: SAIA DO AUTOMÁTICO. Faça uma reflexão e pare para olhar para você. Está feliz? As atitudes que está tomando te fazem bem?

Aprenda a fazer esse exercício de olhar para dentro e entender a causa e consequência, ou seja: o que faço aqui me afeta ali. Comece a se entender através do autoconhecimento!

2. Pratique o que te faz feliz

Tem gente que ama ir ao cinema. Ou à praia. Ou ler um livro. Mas nunca faz.

Por causa de tempo, de dinheiro, de motivação, enfim…você pode estar sobrecarregado, mas PRECISA achar um tempo para fazer o que gosta.

Isso vai aumentar seus níveis de serotonina (hormônio que tem ligação direta com nosso humor, sono, fome…se ele está em baixa você pode ter alterações ruins de humor, insônia e até ansiedade ou depressão) e consequentemente te fazer muito mais feliz e motivado a continuar o trabalho de elevar sua autoestima.

3. Corte o que te faz mal

Pode ser na alimentação, algum vício ou mesmo pessoas. Estar perto do que não te faz bem já é uma auto sabotagem, concorda?

Pode ser muito difícil, mas você não veio ao mundo para ficar se destruindo, não! Sacode essa poeira e comece, mesmo que gradualmente, a eliminar o que não é bom para você.

Isso também é uma forma de se amar.

4. Faça o que precisa fazer

Quantas vezes você precisou ou quis fazer algo mas ponderou mil vezes e não fez em prol de algo, alguém ou uma situação?

Como dissemos no item 1, você precisa entender suas necessidades e segui-las sempre que possível.

Faça um esforço e siga sua intuição, ela vai te ajudar a dizer o que tem que ser feito quando você começar a se ouvir.

Lembrando que nem sempre o que você PRECISA é o que você DESEJA.

Não se boicote, entenda o que te faz bem e apronte para essa decisão.

imagem de mulher fazendo yoga ao pôr do sol5. Pratique mantras e reforços positivos:

Já falamos aqui no Mapa do Meu Céu sobre mantras e reforços positivos.

Na busca do amor próprio repetir mantras pode torná-lo mais confiante e forte.

Um exercício que pode ser feito é repetir por alguns minutos coisas que gostaria de acreditar que você é (exemplo: “sou bom, sou forte, sou feliz, estou em paz”…).

Isso pode ser feito tanto quando acorda, todos os dias e repetidamente quanto em frente a um espelho, olhando essa sua carinha linda.

A repetição (e o espelho também!) ajudam seu inconsciente a gravar e reprogramar pensamentos que podem ser sabotadores, e assim aumentar sua autoestima.

Outro exercício é se olhar e fazer uma lista das suas características, tudo o que vem à mente, livremente.

Depois você avalia as respostas, separa em positivo e negativo e se forem mais negativas…é sinal que é hora de trabalhar todos esses pontos aqui!

6. Cuide de você como cuidaria dos outros

Já ouviu falar “que você é uma plantinha com emoções e sentimentos complicados – tome sol, beba água e se puder vá à terapia?” rs.

A verdade é essa, mesmo. Você precisa se cuidar sempre, senão vai acabar murchando, né? rs

Se você é do tipo de pessoa que ama fazer algo pelo próximo mas nem sempre faz por você, calma lá…arranje um tempinho para se colocar como prioridade fortalecer seu amor próprio, afinal você é a pessoa que vai “te acompanhar” pela vida todinha.

7. Supere o passado

Quem vive de passado é museu, certo? Mas tem gente que insiste em ficar apegado ao que foi, ao que poderia ter sido, ao erro que cometeu…gente, temos uma notícia para vocês: o que passou, passou. Não volta.

A vida é uma eterna e diária transformação, e isso que é lindo nela! Se você fez algo que não foi legal, OK!

Supere isso, você tem NOVAS CHANCES todos os dias. Não desperdice perdendo tempo com o que já foi, aponte para o presente e assim seu futuro será ótimo!

8. Pare de se comparar com os outros e se valorize

Ninguém é igual a ninguém. Cada um teve uma história de vida, criação, acesso a estudo ou oportunidades diferentes.

Não adianta comparar o que é igual. Então se alguém tem um carro que você gostaria de ter ou um relacionamento que você admira, mas não necessariamente tem, mais um motivo para você fortalecer seu amor próprio!

Entenda seu momento e quem você é e trabalhe para ser sua melhor versão e conseguir o que precisa – mas no seu tempo, não no dos outros. Se valorize e assim os outros ao redor saberão o seu valor!

9. Se aceite e se perdoe

Esse aqui é importantíssimo! Aceitação é muito diferente de conformismo. Se conformar com uma situação ruim não é legal, mas aceitar a situação, entendê-la e assim querer mudá-la…ah, isso sim é construtivo!

Aceite quem você é, porque você está onde está e entenda as atitudes de seus pais no passado e seu momento atual. Aceitar faz com que as coisas deixem de ser tensas para serem apenas…coisas! rs e então podem ser mudadas e trabalhadas.

Praticar o perdão é bom não só para os outros, mas principalmente com nós mesmos. Saber que errou e que não pôde dar seu melhor em algum momento ou situação está ok.

É sempre um aprendizado para novas oportunidades, e todos erram…somos humanos e isso acontece o tempo todo.

Aceite-seperdoe-se e siga em frente em busca de como ter amor próprio e da felicidade.

imagem moça cheirando flores com camiseta escrito resiliente10. Confie em si mesmo

Acredite no seu potencial. Só você pode transformar sua vida e isso é ótimo!

Ninguém melhor do que você sabe das suas necessidades e o que te faz feliz. Não fique com medo de errar ou de ser julgado.

Como falamos, não existe resposta certa e sim um caminho ao autoconhecimento e autoconfiança que você trilha, passa por obstáculos, supera e aprende!

Vai com tudo porque você é sim capaz de ser feliz e realizado!

11. Seja seu melhor projeto

Parece clichê, mas…alimente-se bemfaça atividades físicastenha um hobby e cerque-se de pessoas e coisas boas e positivas.

Seu corpo é o seu lar e assim como você arruma e decora sua casa, deve fazer o mesmo com você e sua alma.

O ato de melhorar seus hábitos já é um passo importante rumo à elevação da boa autoestima uma vez que seu organismo reagirá melhor, sua pele, sua disposição…e seus pensamentos se tornarão mais leves!

Ufa! Curtiu essa matéria? Lembre-se sempre de se valorizar e premiar-se pelas pequenas conquistas diárias, você merece!

Conquistou algo importante ou simplesmente se ama e quer reforçar esse sentimento todos os dias? Crie um quadro ou pôster do Mapa do Meu Céu com a data do seu nascimento ou de uma vitória legal que teve. É uma forma de mantra olhar diariamente e dar valor a quem é!

Caso queira sugestões de frases de amor próprio ou frases de autoestima temos algumas sugestões nos nossos Pins! Pratique e o mais importante: SEJA FELIZ!

Os mantras surgiram há milhares de anos na Índia (há relatos que datam 3000 a.C.) e nada mais são do que hinos praticados pelos budistas e hinduístas como forma de reverenciar aos deuses e com isso remeter às suas características – como amor, paz, sabedoria ou prosperidade, por exemplo.

Entoar um mantra é o mesmo que fazer uma oração e de certa forma se aproximar do sagrado, se desconectando da loucura do mundo e se concentrando no pensamento para atrair coisas positivas. Quem entoa um mantra fica em uma frequência vibracional mais alta, entra em um estado de meditação e isso tem efeitos comprovados tanto no corpo quanto na mente!

A importância da repetição

Repetir algo diversas vezes para si mesmo, seja um mantra ou mesmo uma afirmação positiva gera um som, e com isso, uma vibração.

Vibrar em uma frequência alta e positiva atrai energias parecidas e com isso as coisas fluem melhor – e o contrário também é verdadeiro e mais fácil de visualizarmos, muitas vezes.

Ou você nunca ficou muito próximo a alguém negativo ou pra baixo e começou a se sentir mal também? Pois é, essas coisas acontecem mesmo!

Por isso é tão importante que você repita continuamente o que você quer atrair e por um tempinho.

No caso das afirmações positivas, se você precisa mudar algum tipo de pensamento sabotador, repetir frases no espelho como “eu sou bom”, “eu sou capaz”, “eu estou em paz” ou seja lá o que quiser transformar pode parecer estranho, mas faz com que o cérebro registre aquilo no inconsciente e mude algumas crenças pessoais depois de algum tempo.

Cientificamente, poucos minutos de meditação apontam para regulação da atividade da amígdala (que ajuda a regular emoções), redução no nível de ansiedade e estresse, diminuição no acúmulo de gordura nas artérias, melhora na insônia e depressão – essa última inclusive é um dos fatores de risco de Alzheimer. Tudo isso somente tendo o hábito de meditar diariamente, canalizando os pensamentos e com eficácia totalmente comprovada por fontes renomadas.

Já para os budistas a repetição através dos mantras é ligada ao espírito, traz tranquilidade e paz e se repetido diversas vezes e sempre, conforme falamos antes…atrai positividade.

Seja você da ciência ou da fé, é inevitável observar que a mente é fonte poderosa para atrair bem estar e mudar o ambiente à sua volta através de causa e consequência, ou seja: se você está bem, vai tratar as pessoas melhor, ter mais disposição e com isso a chance das coisas melhorarem são maiores. ?

A mentalização e o reforço em nosso lar

Já falamos sobre a importância de decorar a casa de forma que atraia coisas positivas. Pensando em mantras e repetições, ter em casa objetos que remetam à conquistas pessoais ou à sentimentos positivos também é uma forma de reforçar o que de bom aconteceu ou acontece na sua vida. É assim com as fotografias que espalhamos pela casa, com um certificado de algum curso ou premiação, ou um vaso que ganhamos de alguém com o intuito de embelezar nossa casa, enfim…tudo o que é adquirido de forma positiva ou presenteado carinhosamente nos gera emoções positivas.

Por isso queremos que você faça um exercício! Saia do automático por uns momentos. Olhe ao redor da sua casa e observe. Observe o que está ao redor e porque está ali. Se conecte com momentos e sensações boas que as coisas te trazem. Temos certeza que será bacana e vai ajudar a elevar sua frequência vibracional e da sua casa!

Quando idealizamos o Mapa do Meu Céu, nosso intuito também era esse. Ter um quadro nosso pendurado no lar das pessoas e que esse quadro remetesse à um pedido de namoro ou de casamento, ao nascimento de alguém especial que mudou a vida de outra para sempre, uma conquista que foi batalhada com suor ou simplesmente celebrar o amor próprio…isso é dar valor a tudo de bom que nos acontece e se pararmos para pensar, não é pouca coisa não!

Por isso, se você tem um quadro do Mapa do Meu Céu, que tal olhar para ele diariamente e reforçar o motivo pelo qual aquele acontecimento ou pessoa especial está ali representada? E se você ainda não tem, não é uma ideia linda ter um quadro personalizado com as estrelas no exato momento de um fato?

Esperamos que esse item quase poético que criamos possa ser uma forma “de levar à você uma mensagem que possa ser como uma luz ou um mantra”. ?

Exercite sua mente e tenha um lindo final de semana!

Normalmente o ser humano tem muita dificuldade em conseguir absorver aquilo que não se pode ver ou tocar, então nem sempre acredita ou saber como atrair energia positiva.

Falar sobre energia, força positiva e frequência vibracional faz muitos céticos torcerem o nariz porque simplesmente não é algo palpável: mas assim como os átomos (provados cientificamente!), essas forças existem sim e entender como funciona essa coisa toda (que pode ser um mistério), é determinante para atrair energia positiva e fazer com que sua vida flua lindamente, como uma carpa em um belo lago. Rs

Não entende nada sobre isso ou gostaria que alguém entendesse sobre o assunto? Vem com a gente no trem da energia!

Física quântica: tentando entender o que não se vê

A física quântica é uma vertente da física que para resumir, bem resumido, estuda fenômenos que acontecem à níveis atômicos ou subatômicos. É dada como “não intuitiva” porque não trabalha com as leis da física clássica – uma vez que átomos, elétrons, prótons e moléculas por exemplo, não tem previsibilidade dentro de leis macroscópicas. Lembra do que a gente não pode ver?

Albert Einstein denominou de quantum a equação do precursor dessa teoria, que mais tarde foi chamada de quântica devido ao que chamam de quantização: a alteração de elétrons que contém um nível bem pequeno de energia para um superior, se aquecidos. A energia gerada é transmitida em ondas e quanto maior a frequência de vibração de uma onda, maior é a energia que se carrega.

Ou seja: se tudo nesse mundo é feito de partículas microscópicas (moléculas, átomos) e esses reagem a determinados fatores, transformando-se…logo, temos as alterações à níveis macroscópicos e ao nosso redor, certo?

Diversos físicos renomados defendem que a ligação entre a física quântica e consciência de forma que determinadas reações geram ações e, nessa lógica, transformar pensamentos negativos em pensamentos positivos automaticamente traz efeitos da mesma natureza.

Frequência vibracional – como atrair energia positiva

Sabemos então que tudo nesse mundão é composto por átomos, que se juntam para formar moléculas e assim por diante.

A vibração seria “o conteúdo qualitativo” que uma determinada onda carrega, podendo ser medida por frequência – igual as ondas de rádio, sabe?

O médico e phD em psiquiatria David R. Hawkins defendia que há 17 níveis de consciência (positivas e negativas), com níveis de vibrações diferentes, que geram emoções correlatas. São elas:

Já é sabido também que nossas emoções vêm do nosso cérebro, que coordena tudo para o bom funcionamento do nosso corpo e nos livra de ameaças. O nosso cérebro nada mais é que um conjunto de reações químicas (olha aí, formado por moléculas, átomos e nêutrons!).

Sendo assim, lidar com nossos sentimentos e pensamentos de forma saudável faz com que a gente transforme negatividade em positividade.

Da mesma forma acontece com a frequência: se nós estamos com ela em baixa, com sentimentos de culpa, vergonha, tristeza, medo ou raiva não conseguimos tomar decisões acertadas, nos concentrar no que é importante e nem ter ânimo ou confiança para seguir em frente com criatividade. Nos deixa frustrados.

Ao passo que quando temos coragem, disposição e alegria, por exemplo…parece que conseguimos enfrentar tudo nesse mundo! Rs.

E é nesse estado de ânimo que mudamos uma situação que não gostamos. Aceitamos algo que não pode ser mudado ou que simplesmente é diferente da nossa realidade, vivemos mais em paz e relaxados. Melhor, né?

 

Equilibrando as energias

E tudo nessa vida vibra em alguma frequência – até as paredes.

Por isso, muitas vezes nos sentimos mal em algum lugar e principalmente com algumas pessoas: a tendência é que as frequências “se equilibrem”. Então muitas vezes você se sente mal porque está numa frequência alta e a outra pessoa está numa frequência muito, muito baixa.

Loucura, né? A isso também é comumente chamado de “energia positiva” ou “energia negativa”.

Sendo assim, se você sente que está numa “bad vibe” ou quer transformar sua vida, comece com seus pensamentos e com mudanças de atitudes e hábitos!

Dessa forma, se perceber que está em algum dos níveis de consciência mais baixos, tome providências para atrair vibrações positivas! ?

Uma delas pode ser presentear alguém, que nos traz grande satisfação pessoal: que tal conhecer o Mapa do Meu Céu, que é único e uma fonte poderosa de inspiração?

Temos certeza que a frequência que ele emana está lá nas alturas! Afinal, ele é inspirado pelas estrelas e por um momento único na vida de uma pessoa. Tem como ser mais positivo que isso?

Saiba como fazer ter o quadro personalizado para seu namorado aqui e mostre para ele do que o universo é capaz! ?